Cunha aponta “falhas” para tentar barrar a própria cassação

Essa ação é entendida por muitos como uma “última instância” se o Conselho recomendar a cassação do deputado

naom_5617b3e5dd2e3

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e seus aliados querem barrar a cassação do mandato do presidente da Câmara. Para isso, segundo a Folha de S. Paulo, eles estão preparando um recurso à CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Casa apontando as “falhas” na condução do caso dentro do Conselho de Ética.

De acordo com a reportagem do jornal, esse recurso pretende apontar os supostos “atos falhos” de José Carlos Araújo (PSD-BA), presidente do Conselho. No entanto, o recurso só será protocolado depois de todo o processo ter tramitado nocolegiado.

Essa ação é entendida por muitos como uma “última instância” se o Conselho recomendar a cassação de Cunha. Isso porque a CCJ tem como presidente um deputado próximo do peemedebista, Arthur Lira (PP-AL).

Entre os “erros” que devem constar no recurso está a sessão da última quinta (19), quando o colegiado ouviu a apresentação do parecer preliminar do relator do caso, Fausto Pinato (PRB-SP). PAra os aliados de Cunha, Araújo não apresentou a ata da reunião da semana anterior, como manda o regulamento.

Ao falar do assunto com a Folha, Araújo alegou que dispõe de poucos funcionários, mas, que vai adotar a prática de disponibilizar as atas com pelo menos um dia de antecedência

Noticias ao Minuto

(Visited 8 times, 1 visits today)